Novo modelo de escalonamento garante pagamento de todos os servidores no dia 10 - Abre o Olho

Últimas

sábado, 26 de janeiro de 2019

Novo modelo de escalonamento garante pagamento de todos os servidores no dia 10

Resultado de imagem para mauro mendesA folha salarial, referente ao mês de janeiro, dos servidores do Poder Executivo será paga através de um novo modelo de escalonamento a partir do próximo mês, conforme determinação do governador Mauro Mendes (DEM). O objetivo é que todos os servidores consigam receber alguma quantia até o dia 10 do mês subsequente ao trabalhado e não por faixa salarial, como vinha sendo praticado. O valor a ser pago a cada um dos profissionais deverá ser anunciado nos próximos dias.

“Nós só não fizemos isso no mês de janeiro porque os sistemas de folha e de pagamentos na Secretaria de Fazenda não permitiram em um curto espaço de tempo essa mudança. Eu solicitei aos setores responsáveis que tomassem as providências necessárias para que no próximo mês nós tenhamos uma alteração. A nossa decisão e intenção é pagar o mesmo valor que o caixa permitir no dia 10 para 100% dos servidores. E aí, gradativamente, assim que o caixa permitir ir complementando ao longo do mês”, explicou o governador.

O salário dos servidores vem sendo escalonado desde a gestão do ex-governador Pedro Taques (PSDB) por faixa salarial. Este mês, por determinação da equipe econômica de Mauro Mendes, o pagamento da remuneração foi dividido em quatro etapas e só será completamente quitado na próxima quarta-feira (30).

De acordo com o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, ainda não uma definição sobre o teto de pagamento que será estabelecido. O valor será estabelecido conforme o comportamento do fluxo de caixa e deverá ser anunciado nos próximos dias.

“O governador tem a compreensão de que é melhor que todos participem e que todos recebam numa determinada data, no caso no dia 10, do que pagar escalonado por faixas salariais. Essa é a proposta que ele apresentou e a decisão foi tomada, de fazer esse escalonamento, vamos supor que tenhamos R$ 200 milhões em caixa no dia 10, dividir esse valor pela quantidade de servidores e pagar uma fatia para todo mundo. Ainda não temos esse número, porque já estamos trabalhando no fluxo de caixa do mês de fevereiro. Mas podem ter certeza, assim como fizemos em janeiro, iremos anunciar isso o mais brevemente possível, para que o servidor tenha credibilidade”, explicou.