Juvam de Cáceres aplicou mais de R$ 7 milhões em multas - Abre o Olho

Últimas

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Juvam de Cáceres aplicou mais de R$ 7 milhões em multas


Tamanho do texto:
O Juizado Volante Ambiental (Juvam) de Cáceres aplicou mais de R$ 7 milhões em multas no ano de 2018, referentes a pesca predatória, queimadas, poluição sonora, desmatamento, dentre outros crimes ambientais.
 
Foram realizadas 35 operações ao longo do ano em conjunto com outros órgãos, as quais resultaram em máquinas, madeiras, veículos e utensílios apreendidos, além de 19 propriedades rurais inspecionadas.
 
O Juvam também colaborou com o bem-estar animal, apreendendo 2.300 jacarés do pantanal que viviam em condições degradantes, encaminhando 13 denúncias de maus tratos e de pesca irregular.
 
Conforme explica o agente do Juvam de Cáceres, Sebastião Darío de Oliveira, a maior parte do trabalho realizado pela equipe de apenas dois policiais ambientais e quatro servidores do Poder Judiciário é referente a denúncias anônimas, sem contar com a dificuldade enfrentada diante da extensa área de atuação do juizado ambiental, abrangendo os rios Jauru, Paraguai, Padre Inácio, Sepotuba e Guaporé, até a divisa com o estado de Rondônia e a fronteira com a Bolívia.
 
“É bem complexa essa região. Pela extensão que fiscalizamos, temos muita coisa a fazer. Quando o Juvam foi implantado, a depredação do meio ambiente era muito grande. Uma vez que está diminuindo, acredito que seja porque a consciência do povo na questão da pesca, queimada, desmatamento está ampliando”, pontua o servidor, que trabalha na unidade desde 1997.
 
Em caso de denúncias ou informações adicionais, o contato do Juvam de Cáceres é (65) 3211-1394.